• Ships
  • Airport
  • Hotels
  • Course 10
  • Course 14

 O Clube de Golf do Santo da Serra tem vista sobre a baía de Machico, localidade onde pela primeira vez os Descobridores desembarcaram na Ilha.

O primeiro campo construído, em 1937, foi redesenhado em 1991 pelo famoso arquicteto de golfe Robert Trent Jones Sr., que criou um espectacular e completamente novo campo de 27 buracos numa das mais belas paisagens naturais.

Os buracos 3 e 4 do percurso Machico são a imagem de marca, tornando-se inesquecíveis para quem joga este campo.

Os campos Machico e Desertas são os percursos jogados pelos profissionais no Madeira Islands Open, prova integrada no Tour Europeu PGA. O percurso Serras é uma agradável alternativa com lagos, vista para a montanha e terrenos planos.

Em cada buraco há quatro opções de tees, ao jogador é possível escolher a dificuldade com que pretende jogar – um jogo mais relaxante ou um desafio ao nível de um profissional.

Estrelas do golfe, nomeadamente muitos jogadores da Ryder Cup, testemunharam a excelente qualidade dos fairways e dos greens. Os semi-roughs e os roughs demonstram o meticuloso trabalho e atenção dedicada às condições do campo.

O campo é um verdadeiro jardim botânico, ornamentado por quatro belos lagos e vistas panorâmicas.

O campo de Golf do Santo da Serra oferece aos seus visitantes amplas e diversificadas instalações, tais como uma confortável Clubhouse com um restaurante panorâmico, e esplanada com vistas deslumbrantes. “Una Clubhouse muy bonita” foi assim descrita por Seve Ballesteros em 2001 quando participou no Madeira Islands Open.

O campo de treino está equipado com uma magnífica zona de prática, com dois putting-greens, um chipping green, um bunker green e um driving range com três níveis, um deles em área coberta. A Pro-shop dispõe das mais recentes colecções de golfe, assim como disponibiliza material para aluguer: sacos completos, trolleys e buggies.

A Academia de Golf faculta treino técnico por um profissional altamente qualificado com lições a individuais ou grupos.

Localiza-se a cinco minutos da moderna via-rápida que liga o Funchal ao aeroporto, e a 15 minutos da capital.

O Santo da Serra está classificado como o 12º Melhor Campo de Golfe dos 75 existentes em Portugal.

História do Golfe no Santo da Serra

Remonta-se até 1920 para encontrar indícios da origem do golfe na Madeira, mais precisamente no Clube de Golf Santo da Serra.

Fotografias atestam que o golfe aqui se jogou já em 1933, nos terrenos em frente à antiga Clubhouse na Estalagem Serra Golf. O campo original de 9 buracos era composto por apenas 3 buracos par.

001
002
003
004
005
02
03
04
05
07

Em 1935 iniciaram-se os trabalhos de construção do Campo Favellas do Clube de Golf Santo da Serra. Este percurso de 9 buracos abriu a 25 de Fevereiro de 1937. Projectado por um arquitecto desconhecido, o campo contava com 2396m de comprimento, par de campo 35, três par 3, quatro par 4 e dois par 5. Rodeado por eucaliptos e bunkers de relva, o campo era naturalmente mantido durante todo o ano.

A Clubhouse situava-se no Hotel Pousada da Serra e anos mais tarde, entre 1965 e 1991, na Casa de Chá do Santo da Serra.

A 11 de Março de 1967, o Ministro da Educação criou o Clube de Golf do Santo da Serra, gerindo o campo até aos anos 80.

Em 1988, por concessão pública do Governo Regional da Madeira, a Sociedade Planal, S.A, ficou incumbida da projecção e construção de um novo campo de 27 buracos, desenhado pelo famoso arquicteto norte americano Robert Trent Jones Senior.

A 30 de Setembro de 1991, quando o percurso de 18 buracos Machico-Desertas abriu, apenas 6 dos 9 buracos eram parte constituinte do campo original Favellas.

O Clube de Golf do Santo da Serra revogou os seus direitos ao campo em troca de 140 voltas de golfe por semana para uso dos seus sócios. Simultaneamente a Sociedade Planal S.A criou o Clube de Golf da Madeira.

Em Janeiro de 1993, realizou-se o primeiro Open da Madeira, prova do calendário do Tour Europeu PGA, consagrando-se campeão Mark James.

Em 1996, o Clube de Golf do Santo da Serra levou oficialmente o golfe para o Porto Santo. Abriu um driving range no Verão com o intuito de desenvolver a modalidade naquela ilha. Em 1997, o Clube apresentou ao Governo Regional da Madeira um projecto para construção de um campo de 18 buracos no Porto Santo, entre o Pico Ana Ferreira e o Ribeiro Salgado.

A 12 de Outubro de 1996, através do Governo Regional da Madeira, a Sociedade Planal S.A. entrega a concessão do campo ao Clube de Golf do Santo da Serra. Os sócios do Clube de Golfe da Madeira são incorporados no Clube de Golf Santo da Serra.

A 28 de Maio de 1998, a constituição do Clube é registada em escritura pública, designado-se oficialmente Clube de Golf Santo da Serra.

A 10 de Outubro de 1998 foram inaugurados os últimos 9 buracos, completando desta forma o projecto inicial de 27 buracos. Uma nova e elegante Clubhouse, foi, por sua vez, inaugurada a 13 de Setembro de 2000.

"It was a great honour to play on the Madeira Island Open, the course is fantastic, the Clubhouse very beautiful, the food even better and the caring phenomenal. I hope to return…"

Severiano Ballesteros, 2001

  • AFA
  • BPI
  • Canon logo
  • Cimentos Madeira
  • Construtora Tamega
  • ENM
  • FNAc
  • JCRP
  • Logo-Expresso-BPI
  • Pestana hotels-pek
  • Porto-Bay
  • Porto Santo Line pek
  • Taylormade LOGO
  • jacobsen logo
  • nos-madeira
  • pantano
  • the vine logo
  • titleist Golf Landing Page Banner

Promoções

Para aceder às nossas promoções
Clique aqui